GAMETV um framework de jogos digitais 2D para TV digital

Conteúdo do artigo principal

Lady Daiana O. Maia
José P. Queiroz-Neto
Vicente F. Lucena Jr.

Resumo

A TV Digital ainda está iniciando a sua popularização no Brasil e são poucas as experiências consolidadas no desenvolvimento de aplicações interativas para o modelo de TV digital brasileira, principalmente no que diz respeito aos Jogos Digitais, que configuram um desafio para pesquisadores, técnicos e empresários, pois a indústria de jogos cresceu no último ano 31% nos diversos tipos de plataforma existentes. Neste cenário, a proposta desse trabalho é desenvolver um aplicativo de auxílio ao desenvolvimento de jogos, um framework denominado Game TV, reduzindo as dificuldades encontradas na programação em ambientes com recursos limitados, contribuindo de maneira positiva para os desenvolvedores de jogos e provedores de conteúdo televisivo.

Detalhes do artigo

Como Citar
O. Maia, L. D. ., P. Queiroz-Neto, J., & F. Lucena Jr., V. (2022). GAMETV: um framework de jogos digitais 2D para TV digital. Igapó, 4(1). Recuperado de https://igapo.ifam.edu.br/index.php/igapo/article/view/56
Seção
Artigos

Referências

ALMEIDA, M. R. G. Programação de Jogos 2D usando o MRDX e Fundamentos de Jogos 3D. 2004. 73f. Monografia (Bacharelado em Ciência da Computação) – Centro de Ciências Exatas e Naturais, Universidade Federal do Pará, Belém. 2004.

ASSIS, S. P.; SUZANO, R. Framework: Conceitos e Aplicações. CienteFico,. Salvador, ano III, v.2, p. 1-21, Salvador, Jun./Dez. 2003.

BARBOSA S.D.J.; SOARES, L.F.G. TV Digital

interativa no Brasil se faz com Ginga: Fundamentos, Padrões, Autoria Declarativa e Usabilidade. Em T. Kowaltowski & K.Breitman (orgs.) Atualizações em Informática 2008. Rio de Janeiro, Rj: Editora PUC-Rio, 2008. pp.105- 174.

DTV. Site Oficial da TV Digital Brasileira. Disponível em <http://www.dtv.org.br/ materias.a sp?menuid=3&id=11>. Acesso em 09/02/ 2010.

FERREIRA, D. A; SOUZA, C. T. TuGA:

Um Middleware para o Suporte ao Desenvolvimento de Jogos em TV Digital Interativa. NASH – Núcleo Avançado em Engenharia de Software Distribuído e Sistemas Hipermídia. Centro Federal de Educação Tecnológica do Ceará. Infobrasil2008. Fortaleza, 2008.

LEMOS, G.; FERNANDES, J.; SILVEIRA, G.

Introdução à Televisão Digital Interativa: Arquitetura, Protocolos, Padrões e Práticas. In: Jornada de Atualização em Informática do Congresso da Sociedade Brasileira de Comunicação, 2004, Salvador. Anais. Salvador: [s.e.], 2004.

MORRIS, S.; SMITH-CHAIGNEAU, A. Interactive

TV Standards. Burlington: Ed. Focal. Press, 2005. 585 p. NBR15290.

PINTO, L. D. O, QUEIROZ-NETO, J. P., SILVA, K. N.

Tecnologias utilizadas para o desenvolvimento de aplicações educacionais através da TV Digital. In CONNEPI, 2007.

ROCHA, J. T. S., 2003. Forge 16V: Um

Framework para Desenvolvimento de Jogos Isométricos. 2003. 135f Dissertação (Mestrado em Ciências da Computação) - Centro de Informática. Universidade Federal

de Pernambuco. Pernambuco, 2003.

SILVA, J. Q. TV Digital Interativa. 2004. 78f. Monografia (Especialização em Redes de Computadores) - Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas, Universidade do Vale do Rio dos Sinos. São Leopoldo: UVRS, 2004.

SILVA, R. P. Suporte ao desenvolvimento e uso de frameworks e componentes. Tese (Doutorado em Ciência da Computação) – Departamento de Ciência da Computação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2000.

SOARES, L. F. G., 2007. Ambiente para desenvolvimento de aplicações declarativas para a TV digital brasileira. TV digital: qualidade e interatividade / IEL.NC.– Brasília: IEL/NC, 2007.

ZANCANARO, A.; SANTOS, P.; TODESCO, J. L.,

Ginga-J ou Ginga-NCL: características das linguagens de desenvolvimento de recursos interativos para a TV Digital. 1º Simpósio Internacional de Televisão Digital (SIMTVD), novembro, Bauru/SP. 2009.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)